Cidade

Cartão de identificação será necessário para atendimento no CEME

Cartão de identificação será necessário para atendimento no CEME

 

A partir do dia 2 de outubro, todos os usuários do Centro Municipal de Especialidades (CEME) terão que apresentar o cartão de identificação para consultas e procedimentos. Quem não tem o cartão deve providenciar no próprio Centro de Especialidades.

Para fazer o cartão é necessário apresentar documento de identificação e comprovante de endereço. O cartão será necessário, pois todas as unidades de saúde vão gradativamente adotar o prontuário eletrônico e é através do número do cartão que o usuário será cadastrado e as informações disponibilizadas.

Além do cadastro e da confecção do cartão de identificação, as unidades também confeccionam o cartão SUS para quem ainda não tem, documento obrigatório em todo o Brasil e que visa criar um banco de dados de todos os pacientes.

 

Atendimento CEME - O atendimento na saúde começa nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou Unidades de Saúde da Família (USF). O paciente deve procurar a unidade mais próxima da sua residência, onde será atendido por um médico clínico geral. Uma avaliação será feita e, sendo necessário, serão solicitados exames e o encaminhamento ao médico especialista. A UBS ou USF fará a marcação da primeira consulta no CEME. As pessoas não devem procurar o CEME sem antes ter passado por uma unidade de básica ou de saúde da família.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

2

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

3

Ganhadores do Oscar nas principais categorias

4

Projeto Empreender realiza I Mega Bazar Itinerante

5

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira