Política

Audiência delibera encontro com secretário estadual de Saúde

A Câmara Municipal realizou na tarde desta segunda-feira (6) na sala das sessões, uma audiência pública que reuniu autoridades da área de saúde no município e região para discutir a questão da  falta de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na Santa Casa de Misericórdia de São Carlos. A audiência foi conduzida pelo presidente da Casa, vereador Lucão Fernandes, propositor do encontro voltado a buscar um esforço coletivo para encontrar uma solução para o problema.

 Atendendo a convite do Legislativo compareceram: o secretário municipal de Saúde de São Carlos, Marcos Palermo, o diretor técnico da DRS III, Antonio de Oliveira (representando o secretário estadual de Saúde); a diretora de Planejamento da DRS III, Sonia Regina dos Santos; o representante da Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde, Domingos Guilherme Napoli; o superintendente da Santa Casa, Daniel Bonini; do chefe de divisão médica do Hospital Universitário da UFSCar, Rodrigo Alves  Ferreira (representando a gerente de atendimento a Saúde do HU, Valéria Gabassa); o diretor superintendente da Unimed, Ivan Carlos Linjardi; e o representante da Comissão de Saúde da OAB São Carlos, Rodrigo Carlos Zambrano.

 

Também estiveram presentes os secretários municipais de Saúde de Descalvado, Wander Bonelli; de Dourado, Antonio Tavano; de Ibaté, Elaine Sartorelli; e de Porto Ferreira, Vera Visolli. Além do presidente Lucão Fernandes, participaram da audiência os vereadores Sergio Rocha, Malabim, Daniel Lima, Laíde Simões, Marquinho Amaral, Julio César, Edson Ferreira, Rodson Magno e João Muller.

 Ao final do encontro, os presentes deliberaram pela marcação de uma audiência em São Paulo com o secretário estadual José Henrique Germann Ferreira, a ser agendada pelo presidente da Câmara Lucão Fernandes.

Atualmente a Unidade de Terapia Intensiva é composta por 30 leitos, sendo 10 na UTI coronariana, 10 para atendimento geral, cinco infantil e cinco leitos para Neonatal. A UTI faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional (PROADI-SUS) que monitora a taxa de infecção relacionada a assistência à saúde.

 

Foto

Lucão Fernandes conduziu audiência que reuniu autoridades de Saúde da cidade e região

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos