Automóveis

Palio Attractive 2010 a 2018: veja todos os detalhes do modelo

Notícias Automotivas

 

Se perguntarmos agora, você dificilmente vai conseguir dizer todas as versões que já fizeram parte da gama do Fiat Palio no mercado brasileiro.

 

Afinal, o hatch compacto foi comercializado por mais de duas décadas e em duas gerações diferentes. Porém, um dos mais característicos da linha (sobretudo nos últimos modelos), é o Fiat Palio Attractive.

 

A versão Attractive era ofertada há algum tempo como um pacote opcional para o Palio HLX e outras configurações da gama, agregando alguns equipamentos de conforto ao automóvel.

 

Porém, a partir de meados de 2010 ele se tornou uma versão, ainda na antiga geração do carro, o conhecido como Palio Fire.

 

A segunda geração do Fiat Palio fez a sua estreia no mercado nacional em meados de 2011 e trouxe a versão Attractive desde o início. Ou melhor, as versões Attractive.

 

O “Novo Palio” estreou em diversas configurações diferentes: Attractive 1.0, Attractive 1.4, Essence 1.6 16V, Essence Dualogic 1.6 16V e Sporting 1.6 16V, Sporting Dualogic 1.6 16V.

 

Como de praxe, o Palio Attractive figurava como a opção mais em conta da gama. Devido a isso, ele não chamava tanto a atenção pela sua lista de equipamentos.

 

Muito pelo contrário: quase tudo era opcional, sobretudo no Palio Attractive 1.0. O mote do carro era o preço, se posicionando como a configuração de entrada.

 

Porém, com o passar do tempo, o Palio Attractive foi ficando mais equipado.

 

Quando saiu de linha, no início de 2018, o modelo saía de fábrica com ar-condicionado, vidros dianteiros com acionamento elétrico, direção hidráulica, computador de bordo, banco do motorista com ajuste de altura, porta-óculos, volante com regulagem de altura e encosto de cabeça para os cinco ocupantes.

 

Palio Attractive – detalhes

A começar pela primeira geração do Palio Attractive, que na verdade foi a última leva da primeira geração do hatch compacto (com sua quinta reestilização), o visual é aquele velho conhecido dos brasileiros.

 

A dianteira é marcada pelos faróis com formato espichado e uma espécie de meia-lua na parte inferior, que abriga os projetores.

 

Além disso, há uma grade de formato convencional no centro da dianteira, além de um para-choque marcado por uma tomada de ar horizontal que abriga também os faróis de neblina neste modelo (opcionais).

 

As laterais denunciam a idade do projeto, com linha de cintura um tanto quanto elevada, lataria sem muitos vincos e pouca fluidez no conjunto. A traseira é o ponto mais criticado deste modelo, devido às lanternas que não conversam muito bem com os faróis dianteiros.

 

O interior do carro tem acabamento aceitável, embora apresente plástico por todos os lados, com detalhes prateados nos painéis. As portas, porém, se diferenciam por contar com uma boa área em tecido. Os bancos são revestidos de tecido.

 

Por outro lado, na segunda geração do Palio Attractive, conhecido como “Novo Palio Attractive”, as situações mudaram. O visual do carro ficou mais moderno e alinhado com os mais recentes lançamentos da marca italiana.

 

A começar pela dianteira, o hatch compacto adotou um desenho mais robusto, com direito a faróis mais abaulados e uma espécie de “bigodinho” cromado no centro. O para-choque conta com uma enorme tomada de ar no centro, que abriga ainda o suporte de placa. O capô ostenta vincos oriundos dos faróis.

 

Já nas laterais, há um desenho mais interessante e atual, com vincos nas maçanetas e um detalhe côncavo na parte inferior das portas e janelas com desenho mais arredondado.

 

Por fim, a traseira usa inéditas lanternas verticais que invadem a área do vidro e o para-choque usa uma solução parecida com o da peça dianteira para abrigar a placa.

 

Pulando para o interior, o Palio Attractive de segunda geração seguiu abusando dos plásticos. Neste caso, ainda mais, devido à menor área revestida em tecido nas portas. Porém, o carro ficou mais espaçoso e os bancos ganharam formatos mais confortáveis para acomodar os ocupantes.

 

Fora isso, o Palio passou a dispor de uma série de equipamentos. Ele já saía de fábrica com direção hidráulica, computador de bordo, comando interno de abertura do porta-malas e tanque de combustível, limpador, lavador e desembaçador temporizado do vidro traseiro, iluminação no porta-malas, entre outros.

 

 

O carro podia receber ainda recursos como vidros, travas e retrovisores elétricos, sensor de chuva, sensor de luminosidade, sistema de som com entrada USB, rodas de liga-leve de 14 polegadas, faróis de neblina, chave tipo canivete, entre outros.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos