Automóveis

Honda HR-V terá motor 1.5 turbo na Europa

Inédito, HR-V 1.5 turbo estreia somente em meados de 2019. Por aqui, manterá o 1.8 de 139 cv

 

Acredite quando a Honda diz que vale a pena espera pelo HR-V 2019 na Europa. Sua mudança visual foi bem sutil e não animaria muito, com uma nova grade frontal e para-choque. O que realmente irá fazer diferença é que, ao contrário do Japão, a versão europeia terá uma nova motorização, o 1.5 turbo, prometida para a metade do ano que vem. Porém, até o momento, apenas o Velho Continente terá este motor. Por aqui, devemos continuar com o 1.8 de 139 cv. 

Na frente, o Honda HR-V tem uma grade maior e totalmente cromada. O para-choque dianteiro também passou por uma mudança, deixando a região das entradas de ar mais fundas, mantendo as luzes de neblina circulares. A Honda modificou levemente os faróis, instalando novos projetores e atualizando o LED de iluminação diurna. Na traseira do HR-V reestilizado, você irá encontrar uma barra cromada acima da placa, espelhando o visual da dianteira.

Nas versões mais caras, a Honda instalou novas rodas de liga leve de 17 polegadas e deixou a ponteira do escapamento com acabamento cromado. O modelo topo de linha tem faróis e lanternas full-LED. Poderá ser comprado em oito cores diferentes, incluindo o azul metálico Midnight Blue Beam das imagens deste post.

Mais sobre o Honda HR-V:

 

Prestes a mudar, Honda HR-V é vendido com bônus ou taxa zero

Flagra: Honda HR-V 2019 pode ganhar versão híbrida

 

Do lado de dentro, você irá notar os bancos frontais redesenhados, oferecendo mais suporte e conforto durante viagens mais longas. A Honda ainda melhorou o acabamento com materiais melhores. O modelo mais caro tem a combinação de tecido e couro com costura dupla. A boa notícia continua com a adição de novos materiais de isolamento acústico nas caixas de rodas, estrutura do porta-malas e painéis das portas, aumentando o silêncio na cabine.

Para reduzir ainda mais o ruído, as versões mais caras recebem um sistema ativo de cancelamento de barulho. Disponível pela primeira vez em um carro deste porte da Honda, ele utiliza dois microfones para monitoras sons de baixa frequência e cancelado com "sinais de áudio reversos ativados de forma precisa" através dos alto-falantes.

 

Sobre sua motorização, os europeus seguirão com o 1.5 aspirado de 130 cv e 15,8 kgfm de torque, acelerando de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos com o câmbio manual de 6 marchas, enquanto a versão com transmissão CVT é meio segundo mais lenta. Os engenheiros da Honda atualizaram o i-VTEC, reduzindo o atrito entre os pistões e os cilindros, para aumentar a eficiência e a durabilidade.

Ainda terá o 1.6 diesel e, a novidade mais interessante para nós. o 1.5 turbo a gasolina, ambos prometidos para a metade de 2019. Não revelaram os valores, mas sabemos que o 1.5 turbo gera 173 cv no CR-V quando equipado com câmbio manual e 193 cv nos modelos com CVT. A Honda deve reduzir um pouco esta potência, já que é um modelo menor e mais leve, para reduzir o consumo de combustível. 

No Brasil, o Honda HR-V 2019 é esperado para os próximos meses, recebendo apenas as atualizações visuais e mantendo o motor 1.8 de 139 cv e 17,4 kgfm. Fontes ligadas à marca dizem que pretendem apresentar o modelo antes do Salão de São Paulo, que acontecerá em novembro.

Fonte: Honda

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos