Política

Azuaite propõe mudanças de trânsito na zona sul e pede que Prefeitura agilize obras

Azuaite propõe mudanças de trânsito na zona sul e pede que Prefeitura agilize obras

 

O vereador Azuaite Martins de França (PPS) voltou a abordar na tribuna da Câmara a questão da mobilidade urbana, a seu ver um dos problemas sérios da cidade, ao pedir providências da Prefeitura para o ordenamento do fluxo de trânsito em ruas e avenidas da cidade. “Não são poucas as notícias de pessoas atropeladas e mortas em acidentes de trânsito, que em alguns pontos são mais frequentes”, afirmou ele na sessão legislativa desta terça-feira (7).

 

Citou a avenida Henrique Gregori como um desses pontos críticos. Aquela via passa pela Vila Prado e Bela Vista e se conecta com a avenida Grécia, ligando o shopping center à região da Escola Estadual Jesuíno de Arruda e dando acesso ao Cruzeiro do Sul, Cidade Aracy e adjacências. “É impossível alguém atravessar aquela avenida em segurança porque as distâncias entre um semáforo e outro são grandes e isso propicia que motoristas andem  em alta velocidade”, disse. “Muitos acidentes ocorrem ali por esse fato e também porque não se consegue enxergar os veículos que transitam pela Henrique Gregori em função de carros estacionados ou motocicletas circulando em velocidade ainda maior”.

 

PISTA DE CORRIDA - Existem dois semáforos, um no cruzamento com a avenida Jose Pereira Lopes outro na avenida Desembargador Julio de Faria (Travessa 7). “Entre um e outro temos uma pista de corrida”, declarou o vereador, que desde o ano passado  faz apelos ao secretário municipal de Transporte e Trânsito Coca Ferraz “que vem prometendo, mas não cumprindo”. Recentemente, Azuaite conversou com o secretário e também com moradores e comerciantes  da região apresentando o projeto de modificação do trânsito naquela área. A proposta inclui a implantação de duas pequenas rotatórias e colocação de dois semáforos temporizados na esquina da Henrique Gregori com a rua Duarte Nunes e outro na Ananias Evangelista de Toledo (Travessa 4). “Sabemos que na altura da Travessa 9, com as mudanças no trânsito da Vila Prado, haverá outro semáforo e aquela avenida tende a se transformar em via de velocidade mais baixa e mais segura”, assinalou. “Temos trabalhado nisso e estaremos trabalhando. Não estaremos satisfeitos enquanto não virmos inauguradas essas obras”.

 

Segundo o vereador, um fato chama atenção: quando reunidos para abordar o assunto, os comerciantes da região já se habilitaram a dizer que na hora em que tais intervenções forem feitas na via, eles cuidarão do canteiro central defronte a seus estabelecimentos. “Veja a riqueza desse processo: a Prefeitura faz uma intervenção que é indutora de um novo comportamento positivo da população, de cuidar do espaço público. Isso é muito bom, precisamos dessa participação”, observou o parlamentar.

 

PRAÇA ITÁLIA - Azuaite também discutiu com o secretário Coca sobre os problemas de trânsito no trecho da Praça Itália até a Escola Estadual Jesuíno de Arruda (zona sul) na altura do Centro do Professorado Paulista (CPP). “Aquele é o trecho de maior fluxo viário da cidade, não existe outro ponto por que passa tanto veículo quanto ali”.

 

“Na Praça Itália vai haver intervenção, implantação de semáforos, mas no prolongamento da avenida Ana Prado em direção ao Jesuino de Arruda é preciso que o desvio seja aberto logo, porque o local se transformou num estacionamento; é preciso desafogar o trecho”, propôs o vereador.

 

VIA FÉRREA - Outro assunto de seu pronunciamento na Câmara nesta terça-feira (7) foi a transposição da via férrea no Cruzeiro do Sul, perto do posto de gasolina da Avenida Morumbi. “É necessária uma solução mais rápida. Propõe-se abrir a  rua Heitor José Reali, que vem da rotatória da indústria Cardinalli em direção à Faber Castell no Cedrinho, com a continuação daquela rua transpondo linha férrea para chegar à rua Luis Mathias”. 

 

De acordo com ele, existe concordância da Rumo Logística permitindo o uso da passagem para acesso ao Distrito Industrial, mudança que desafogará  o trânsito no trecho da Praça Itália ao Jesuíno de Arruda. “Tem outro detalhe: aquele ponto de cruzamento sobre trilhos não apresenta  possibilidade de alagamento; quando chove ninguém passa da Vila Prado e em muitos pontos isso passará a ser possível, a alternativa é boa. Conversei com o prefeito Airton e com Coca, que gostaram das propostas; quero que deixem de conjugar o verbo no futuro e façam realmente as obras em benefício da cidade”, concluiu Azuaite.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

4

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

5

Ganhadores do Oscar nas principais categorias