Automóveis

Mike Manley é o novo CEO da FCA após saúde de Marchionne piorar

Notícias Automotivas

 

Em junho, Sergio Marchionne passou por uma cirurgia no ombro direito, mas esta semana sua saúde piorou em virtude da intervenção médica feita na ocasião e por isso o conselho de administração da Fiat Chrysler Automobiles se reuniu e substituição o chefão por Mike Manley, chefe da Jeep, que agora assume como CEO da FCA.

Aos 54 anos, Manley vem de uma carreira bem-sucedida na Jeep, onde assumiu o comando em 2009. Britânico de Edelbridge, o executivo estava em alta no mercado automotivo por causa do crescimento da marca americana, que saiu de um nicho em 2008 para uma operação global em 2017. Nesse período, as vendas subiram de 337 mil ao ano para 1,4 milhão no ano passado e a projeção é de atingir 1,9 milhão em 2018.

Mike Manley é o novo CEO da FCA após saúde de Marchionne piorar

Sob a gestão de Manley, a Jeep ganhou um status elevado dentro da Fiat Chrysler, tendo inicialmente lançado um novo Cherokee, que enfrentou problemas no começo, mas depois alçou voos mais longos com a chegada de Renegade e Compass, uma dupla de sucesso em vários lugares, em especial no Brasil, onde a quase exclusiva marca passou a estar presente nos mais distantes pontos do país e o segundo é o atual líder de vendas no segmento de utilitários esportivos.

Manley também executou o novo Wrangler e abriu caminho para uma releitura real da picape Gladiator. A Jeep também se expandiu para a Europa, Índia e China, sendo hoje a principal marca de valor e volume da Fiat Chrysler. Além disso, o inglês também liberou o projeto de um “mini Jeep” que também terá papel fundamental nas operações globais da marca.

Mike Manley é o novo CEO da FCA após saúde de Marchionne piorar

Agora, Manley terá o desafio de implementar as mudanças já anunciadas por Marchionne nos próximos anos, mas o fará de seu jeito. Na Jeep, seu lugar ainda está vago, mas a saída do chefão ítalo-canadense também mexeu com o comando da Ferrari. Em 2014, com a saída de Luca di Montezemolo, Sergio assumiu a presidência da Ferrari e a chefia executiva.

Para sucede-lo, o conselho de administração da Fiat Chrysler nomeou John Elkann (segunda foto de cima para baixo), trineto de Agnelli e herdeiro do império da Fiat, como novo presidente da Ferrari. Mas, na chefia executiva, a escolha foi por Louis Camilleri (foto acima), ex-presidente da Philip Morris e que agora faz parte da empresa que também detém a Scuderia Ferrari de F1. Egípcio de ascendência maltesa, ele tem 63 anos.

Mike Manley é o novo CEO da FCA após saúde de Marchionne piorar

Marchionne, que assumiu a Fiat em 2004, teve um papel fundamental na consolidação da empresa e na fusão que salvou a Chrysler da extinção certa em 2009, criando assim a Fiat Chrysler Automobiles, que agregou todas as marcas das duas empresas.

Emblemático e dono de comentários que mexiam com o mercado, Sergio tentou uma fusão da FCA com outros grupos, não descartando nem mesmo a Volkswagen, mas no final parecia que tudo estava encaminhado para a Hyundai, que contava com o apoio de Machionne para uma compra da companhia. Agora vamos ver como isso se dará com Manley no comando.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos