Cidade

Prefeitura prevê abertura da UPA do Santa Felícia no final de agosto

Os secretários Marcos Palermo (Saúde),  Helena Maria Cunha do Carmo Antunes (Administração) e Edson Fermiano em reunião nesta quarta-feira. (Foto: AbnerAmiel/Folha São Carlos e Região).

 

Folha SCR

O secretário de saúde, Marcos Palermo, informou na tarde desta quarta-feira (11) que a pasta está se mobilizando para reabrir a UPA do Santa Felícia até o final de agosto. O prefeito Airton Garcia vai publicar no prazo de 10 dias um decreto instaurando a criação de uma comissão que vai fazer uma força-tarefa para reorganizar o quadro pessoal das unidades de saúde.

A comissão vai ser presidida pela secretária de Administração e Gestão Pessoal, Helena Maria Cunha do Carmo Antunes, e terá como membros o secretário de Saúde e diretores da pasta de saúde e administração e membros do Sindicado dos Servidores Públicos e Autárquicos de São Carlos (Sindspam).

A secretária Helena sublinhou  que o prefeito sinalizou que vai decretar a criação da comissão. Ela antecipou que a comissão deverá enfrentar resistência de servidores municipais, mas que vai fazer reestruturação e otimização em cada unidade de saúde para reabrir a UPA, que está fechada desde janeiro de 2017 por falta de médico.

“Precisamos organizar todas as UPAs, Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidade de Saúde da Família (USF), para que em 20 dias possamos levantar informação do pessoal lotado, com números estabelecidos de áreas  que precisam contratar para que no final de agosto a UPA do Santa felícia possa estar em funcionamento”, disse Helena ontem em reunião na Sala dos Prefeitos, no 1º andar da Prefeitura, com a presença de secretários e do presidente da Comissão de Saúde,  vereador Lucão Fernandes, e dos parlamentares Edson Ferreira e Gustavo Pozzi.

O secretário de Saúde, Marcos Palermo, disse durante a reunião que testemunhou nesta quarta-feira de manhã a ausência de três servidores na UPA da Vila Prado e os que estavam presentes não quiseram trabalhar. A Comissão deve buscar solucionar esse tipo de problema.

“A vontade do governo é abrir a UPA. A desorganização acontece há muitos anos e alguns setores estão sobrecarregados. Queremos equilibrar e dar condição de trabalho para servidores que prestam serviço à sociedade”, disse, ressaltando que os principais problemas da pasta são no transporte público, nas escalas noturnas e diurnas das UPAS.

O presidente da Comissão de Saúde da Câmara, vereador Lucão Fernandes,  salientou que está preocupado com o prazo dado pela Secretaria de Saúde para reabrir a UPA, uma vez que a questão envolve transferência de servidores.

“Fico preocupado quando passam condicionar a resultado que a comissão terá para poder reabrir a UPA. Eu fui servidor público por 33 anos e sei que esse tipo de questão é a mesma coisa que mexer em vespeiro. Vai transferir servidor que está há anos em um setor e também terá que ter diálogo  com sindicato, Câmara, servidores e acredito que não vão conseguir fazer nesse prazo.  Poderia se pensar em fazer esse estudo com a UPA já aberta”.

 

 

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos