Educação

Estudante da UFSCar cria aplicativo usado no transporte público de São Paulo

OnBoard já é utilizado para fazer recarga de crédito do Bilhete Único

 

Seguindo a tendência cada vez maior de concentração de serviços e funções no celular, um novo aplicativo disponível no mercado permite que o usuário não precise enfrentar filas para recarregar o Bilhete Único - cartão utilizado em São Paulo, que armazena valores em reais para o pagamento de passagens no transporte público da cidade (ônibus, micro-ônibus, Metrô e CPTM). Essa é a proposta do aplicativo OnBoard, cuja ideia foi fruto do trabalho de conclusão de curso de Luiz Renato Mattos, graduado em Administração pelo Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). 

Implantado na cidade de São Paulo, o aplicativo é mantido pela equipe da startup OnBoard Mobility, fundada e gerenciada por Mattos e Marcel Cunha, também egresso da UFSCar, pelo curso de Ciência da Computação. A empresa está instalada no Laboratório de Inovação em Mobilidade da Prefeitura de São Paulo (MobiLab).

O aplicativo OnBoard - que também permite ao usuário realizar recargas de celular no Brasil todo - está disponível nas lojas virtuais Apple Store (para iOS) ou Google Play (Android) e no site  http://onboardmobility.com. Após baixar o aplicativo no celular, o usuário deve cadastrar um cartão de crédito para poder abastecer o Bilhete Único. Todos os dados de pagamento ficam salvos de forma segura por uma empresa certificada e responsável pelo processamento das transações. "Em breve, também estarão disponíveis as opções de cartão de débito, boleto e até dinheiro, num projeto extremamente inovador", adianta Mattos. 

Além das facilidades do aplicativo - não cobra taxa de conveniência e dispõe de canais de atendimento via chat e WhasApp - outra inovação para quem usa o OnBoard são as Bike Coins, um programa de recompensa ao usuário de bicicletas: o OnBoard é capaz de contabilizar a distância percorrida toda vez que o usuário utiliza sua bicicleta e, assim, gera créditos dentro do aplicativo, que poderão ser usados para recarregar o cartão de transporte público. "BikeCoins é uma marca de um serviço nosso que surgiu a partir de um Projeto de Lei aprovado pela Prefeitura de São Paulo, que visa gerar incentivos financeiros para quem optar pela bicicleta como forma de deslocamento. A princípio, os recursos para financiar esse projeto virão do subsídio da tarifas de transporte dos usuários que optarem pelo modal alternativo. Mas como já desenvolvemos o software e o sistema de aferição, estamos trabalhando com parceiros para gerar essas recompensas de outras formas", explica o criador do OnBoard.

 

Da Universidade ao mercado

A criação do aplicativo OnBoard teve início na disciplina de "Desenvolvimento de Novos Negócios", ministrada por Neila Cunha Nardy, professora do Departamento de Administração (DAdm-So) do Campus Sorocaba da UFSCar, em 2015. Em seu trabalho de conclusão de curso (TCC), também orientado por Nardy, Mattos apresentou a ideia da tecnologia para depois transformá-la no plano de negócios. Devido à complexidade da proposta, o estudante também teve o suporte do professor do DAdm-So Durval Lucas Jr., seu orientador no âmbito tecnológico do projeto.

Além desse aplicativo, a startup OnBoard Mobility já desenvolveu uma outra solução pioneira para usuários do transporte público, já implantada na cidade de São Paulo: o Bipay. Segundo Mattos, trata-se do primeiro chatbot para recarga de créditos de transporte do mundo. O chatbot funciona como um assistente virtual: basta acessá-lo pelo bate-papo na página do Bipay no Facebook (www.facebook.com/falecombipay) e seguir os passos indicados pelo robô virtual para concluir a recarga do Bilhete Único. "Utilizamos as redes sociais e inteligência artificial para que os usuários possam adquirir créditos para seus cartões de transporte sem que precisem baixar aplicativos ou gastar plano de dados", complementa Mattos.

Tanto o aplicativo OnBoard quanto o chatbot Bipay prestam o mesmo serviço, mas em canais diferentes; ambos têm atraído em média 200 novos usuários por semana. "E na primeira semana de lançamento do Bipay, fomos procurados por 22 cidades interessadas na implementação. Estamos em negociações com cidades da grande São Paulo, do interior do Estado, e com outras três capitais e suas regiões metropolitanas", revela Mattos. Por enquanto, ambos os serviços - que funcionam de forma independente - estão carregando o Bilhete Único de São Paulo e fazendo recargas de celular no Brasil todo.

Seguindo os planos de expansão, Mattos mantém o sonho original de sua época de estudante. "Para nós, seria extremamente gratificante poder implementar essas soluções nas cidades onde a UFSCar tem campus. Conseguimos implementar uma solução pioneira no mundo na maior metrópole da América Latina, mas ainda não tivemos a oportunidade de implementá-la onde ela de fato surgiu. Como ex-alunos, acreditamos que isso facilitaria muito a vida dos estudantes", defende Mattos.

 

Serviço

A equipe OnBoard Mobility mantém um blog, com informações e dicas atualizadas para facilitar a mobilidade do usuário do aplicativo. Mais informações sobre o aplicativo estão no site http://onboardmobility.com. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail falecom@onboardmobility.com.

anexos:

 

Luiz Renato Mattos, idealizador do aplicativo OnBoard (Foto: MobiLab) 

Interface do aplicativo OnBoard (Imagem: Reprodução)

Contato para esta matéria: Denise Britto  Telefone: (16) 33066779  

Creative Commons License Esta notícia é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil.

Baseada no trabalho de www.comunicacao.ufscar.br

« voltar

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos