Saúde

Homem morre com suspeita de H1N1 em São Carlos

 

Folha SCR

Um homem de 34 anos morreu na manhã desta segunda-feira (7) na Santa Casa de Misericórdia com suspeita de H1N1. O Hospital não confirmou ainda a causa da morte de Wellington Aparecido de Moraes.

Devido a suspeita, a sorologia do paciente foi colhida e uma analise será feita pelo instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto,  a pedido da  Vigilância Epidemiológica do município. O resultado deve sair em 40 dias.

Um empresário de 46 anos morreu depois de ficar 20 dias internado na UTI da Santa Casa. Exame realizado pelo Instituto Adolfo Lutz deu resultado positivo para o vírus Influenza A não subtipado.

São Carlos registrou 16 casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave em 2018. 11 casos foram descartados, 4 aguardam resultado e 1 positivo para Influenza A não subtipado.

A Gripe H1N1 é uma doença causada pelo vírus Influenza A H1N1, uma mutação do vírus da gripe, porém mais forte do que da gripe comum. Essa gripe é transmitida da mesma maneira que a gripe comum, mas os seus sintomas são mais fortes, repentinos e, se não tratados logo no início, podem levar a pessoa ao óbito.

Dentre os sintomas estão febre acima dos 38 ºC; dores no corpo; dores de garganta e de cabeça; tosse seca; espirros; calafrios e fadiga ou cansaço.

Além desses sintomas, é possível, ainda, que também ocorra diarreia e vômito na pessoa infectada.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos