Educação

Centro de Pesquisas com sede na UFSCar é destaque na publicação de artigos científicos

O CeRTEV (Center for Research, Technology and Education in Vitreous Materials) é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), cuja sede está localizada no Laboratório de Materiais Vítreos (LaMaV), do Departamento de Engenharia de Materiais (DEMa) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Com 5 anos de atividade, o Centro foi destaque na publicação de artigos do Journal of Non-Crystalline Solids (JNCS), publicado pela editora Elsevier desde 1968, a mais tradicional da área de materiais vítreos e amorfos. A publicação recebe cerca de 1,4 mil manuscritos por ano. Desde que foi criada, já publicou cerca de 26 mil artigos.

A cada três meses, a Elsevier divulga uma lista com os 25 artigos mais "baixados" (downloaded) no site do JNCS no período. Na última edição, publicada em 8 de março, o CeRTEV foi destaque nos acessos. "Tivemos a grata satisfação de verificar que quatro artigos assinados por pesquisadores ou ex-alunos do LaMaV aparecem dentre os 11 mais 'baixados'!", comemora Edgar Zanotto, docente do DEMa e coordenador do CeRTEV.

O artigo com mais downloads foi o "The glassy state of matter: Its definition and ultimate fate", publicado em 1° de setembro e que tem Zanotto como um dos autores. O artigo, que trata de uma definição atual e rigorosa do estado vítreo, recebeu destaque especial da Elsevier Physics como "highlighted article". O "Electrical conductivity of silicate glasses with tetravalent cations substituting Si", publicado em 15 de outubro de 2012 e que tem como um dos seus autores Ervino C. Ziemath, professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e ex-pós-doutorado do LaMav, ficou na sexta posição. Na décima posição ficou o "Strain-rate sensitivity of glasses", publicado em 15 de novembro de 2014 e que tem Bruno P. Rodrigues - bolsista de pós-doutorado na Alemanha e ex-aluno de mestrado do LaMaV - como um dos autores. O artigo "Crystal growth and viscous flow in barium disilicate glass", publicado em 1° de janeiro de 2018, ficou na 11ª posição. São seus autores: Alisson M. Rodrigues, bolsista de pós-doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes); Daniel R. Cassar, bolsista de pós-doutorado da Fapesp; Vladimir M. Fokin, professor visitante no LaMaV; e Zanotto.

A história do CeRTEV remete ao dia 15 de dezembro de 1976, quando Zanotto foi contratado como docente pelo DEMa, com o objetivo de iniciar o trabalho de pesquisa sobre vidros, já que havia grupos de pesquisa em metais, polímeros e cerâmicas. "Vale lembrar que em 1970, a UFSCar iniciava suas atividades tendo como um dos seus cursos de graduação o de Engenharia de Materiais, o primeiro do Brasil e da América Latina. Dois anos depois foi criado o DEMa. A criação do CeRTEV coroou toda essa história", recorda Zanotto.

Além do LaMAV, o Centro reúne outros laboratórios da UFSCar, Unesp e Universidade de São Paulo (USP) para realizar pesquisa, desenvolvimento e atividades de educação na área de materiais vítreos, com financiamento da Fapesp até 2024. O CeRTEV conta atualmente com seis professores da UFSCar, sete da USP (campus de São Carlos) e um da Unesp, em Araraquara; além de 60 alunos de pesquisa e de pós-doutorado.

anexos:

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos