Automóveis

Chevrolet Cruze LS com visual mais simples é flagrado no ABC Paulista

O leitor Bruno Pigozzi flagrou um Chevrolet Cruze na divisa entre os municípios de Santo André e São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Até aí, nada demais ser um sedã da General Motors, mas a versão em si é que chamou a atenção dele. Trata-se de uma versão mais simples, que poderia ser uma LS, dado que apresenta um aspecto mais limpo e rodas de aço com calotas estampadas, como pode ser visto na foto.

Pesquisamos a placa e confirmamos que se trata realmente de uma versão LS emplacada em São Caetano do Sul-SP, onde fica a sede da General Motors no Brasil. Pelo que consta nos dados, o Chevrolet Cruze visto é automático e de ano/modelo 2017/2018. O final do chassi chama atenção: 00004. No restante do visual, não há diferenças perceptíveis em relação ao LT, exceto pela não inclusão do logotipo LS estampado na tampa.

Mas o que poderia ser essa versão? A suspeita mais óbvia é a de se tratar de uma versão orientada para clientes PCD e frotistas, algo que a GM faz normalmente. Nesse caso, a retirada das rodas de liga leve deve estar associada com a saída de mais equipamentos, para que o preço possa cair dos atuais R$ 95.890 para quem sabe R$ 69.990, enquadrando o sedã com isenção total de impostos previstos em lei para clientes com deficiência.

A mais recente oferta nesse sentido é a do Citroën C4 Lounge Live 2018, que tem preço sugerido de R$ 69.990 para se enquadrar no limite, que vai até R$ 70.000. Com isso, o valor cai para R$ 55.228, um corte realmente muito bom no valor do produto. O sedã da marca francesa parte de R$ 93.920, abaixo do Cruze LT.

Assim como no modelo franco-argentino, o igualmente conterrâneo da GM deve manter o propulsor 1.4 Ecotec Turbo de até 153 cv e 24,5 kgfm, pois o custo de se colocar um motor mais fraco seria muito maior e não há opção nesse momento. Além da versão LT, o Chevrolet Cruze 2018 vem ainda na topo de linha LTZ por R$ 109.190. Completo, ele salta para R$ 117.690. E isso porque nem tem uma versão Premier, que naturalmente é ainda mais completo e cara.

De janeiro a dezembro de 2017, o Chevrolet Cruze vendeu 19.192 unidades, ficando em terceiro entre os sedãs médios, onde perdeu apenas para o Toyota Corolla e o Honda Civic. Porém, nos primeiros dois meses de 2018, o sedã da General Motors emplacou 3.315 exemplares e passou o Civic, estando em segundo no segmento.

Agradecimentos ao Bruno.

 

Fonte:Notícias Automativas

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos