Saúde

USE-UFSCar inicia novos ambulatórios a usuários encaminhados pela rede pública

 

Com foco na assistência de qualidade e integral ao usuário, a Unidade Saúde-Escola (USE) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) iniciou recentemente novos ambulatórios para atender os usuários em mais especialidades. Ao todo, a Unidade oferece 11 ambulatórios que também se configuram como espaços importantes para formação dos estudantes da UFSCar e para a prática da pesquisa.

 

O ambulatório médico caracteriza-se como o atendimento em saúde de uma pessoa e/ou procedimento que não exige internação hospitalar do paciente. Em 2017, os ambulatórios da Unidade realizaram 2.663 atendimentos, entre consultas e exames, a usuários encaminhados pela rede pública de saúde de São Carlos e região. 

 

Os novos ambulatórios são coordenados por docentes do Departamento de Medicina (DMed) da UFSCar. Dentre eles, está o ambulatório de Nefrologia Pediátrica, coordenado pela professora Amélia Trindade. O ambulatório iniciou suas atividades em 28 de fevereiro deste ano e surgiu da necessidade de oferecer um serviço público organizado para atender pacientes com doenças do trato urinário.

 

O novo espaço vai atender usuários entre 0 e 21 anos, oferecendo, inicialmente, consultas médicas. "A expectativa é que consigamos atender a todas as crianças e adolescentes que estão aguardando consulta especializada em nefrologia pediátrica, permitindo que façam o tratamento próximo de onde residem", destaca Trindade. Ela também afirma que a prevenção também terá um papel importante no ambulatório, uma vez que muitas doenças renais são evitáveis se a informação correta chegar a todos, principalmente nos períodos da infância e adolescência. Para o público infantil, também foi inaugurado o ambulatório de Gastroenterologia Pediátrica, sob coordenação da professora Andrea Contini, também do DMed da UFSCar.

 

Com o objetivo de acolher uma demanda de atenção ampliada e integral de pessoas com múltiplos problemas crônicos e demandantes de várias especialidades, a USE iniciou, em agosto de 2017, o ambulatório de Medicina Integral, coordenado pelos professores Bernardino Alves Souto e Washington de Jesus. O espaço atende todas as faixas etárias, cria um vínculo com o usuário atendido e procura estudar e cercar o conjunto de problemas que ele apresenta por uma estratégia de prática assistencial generalista e cuidado compartilhado com outros setores e especialidades.

 

"No Brasil é comum que pessoas que precisam de um generalista tenham dificuldades no atendimento dessa necessidade, até por uma questão cultural do sistema de saúde em que, muitas vezes, há encaminhamentos para especialistas que poderiam ser resolvidos no ambiente da prática generalista e vice-versa. Nosso ambulatório pretende contribuir para um melhor ajuste nessa relação em benefício do SUS e de seus usuários", afirma Alves Souto. Além das consultas médicas de caráter generalista, ampliado e integral centrado na pessoa, um foco especializado do ambulatório de Medicina Integral é a Nutrologia, que também carece de atendimento na rede pública de São Carlos. Os atendimentos nessa área são coordenados pelo professor Washington Luiz Abreu de Jesus, também da UFSCar. 

 

Alves Souto considera que o ambulatório tem recebido vários usuários e conseguido razoável resolubilidade e vínculo com as pessoas sob cuidado e suas respectivas equipes de referência. Além disso, o espaço se organiza para o desenvolvimento de pesquisa e, a partir deste mês, "iniciará atividades de discussão de projetos terapêuticos em equipe transprofissional com o objetivo de potencializar sua proposta de matriciamento generalista ampliado e integral".

 

Com coordenação do professor Francisco Vale, o ambulatório de Neurologia Cognitivo-Comportamental iniciou suas atividades neste ano atendendo usuários com transtornos cognitivos (problemas de atenção, memória, raciocínio, etc), com destaque para demências, que têm como principal causa a doença de Alzheimer. De acordo com o coordenador, esses casos têm apresentado alta prevalência, principalmente o Alzheimer, devido ao envelhecimento populacional. O ambulatório conta com uma equipe formada por médicos, gerontóloga, enfermeira, neuropsicóloga e alunos de graduação e pós-graduação e promove diagnóstico, exames e tratamento aos usuários e também suporte integral aos familiares e cuidadores, com orientações e apoio psicológico. Além da assistência, Vale ressalta que o ambulatório também será um espaço importante para formação dos alunos do curso de Medicina e para o desenvolvimento de pesquisa. "Somos um ambulatório universitário e prezamos pela alta qualidade do atendimento ao usuário, além do ensino e da pesquisa.

 

Vamos colaborar com a assistência nessa área da saúde, que tem uma alta demanda reprimida em São Carlos, atendendo os casos que nos forem referenciados, dentro da capacidade e do perfil do nosso ambulatório", destaca o professor. 

 

Para Maristela Adler, diretora técnica da USE-UFSCar, os ambulatórios são muito importantes por oferecerem atendimento especializado para a população de São Carlos e região, buscando a excelência do cuidado individualizado e humanizado. "Além disso, são palco de aprendizagem para estudantes de graduação e pós-graduação e possibilitam estudos e pesquisas pautados na ética, que visam melhorar o entendimento de doenças e a busca por melhores opções de tratamento para a saúde da população", complementa. 

 

A diretora técnica também destaca a visão sobre o cuidado em saúde que os profissionais da USE têm. "O que buscamos desenvolver é o cuidado centrado no paciente, não o cuidado centrado na doença. O trabalho em Linhas de Cuidado, através da interdisciplinaridade, auxilia tanto na construção de Planos Terapêuticos Individualizados, como possibilita, por meio destes, a autonomia do paciente, entendida como a capacidade do paciente de compreender e agir sobre si mesmo e sobre o contexto de vida em que se encontra, lidando com sua rede de dependências. Essa visão é mais abrangente, busca entender as necessidades de cuidado e desejos do paciente, não se restringindo ao estado de doença do mesmo", finaliza.

Ambulatórios e atendimentos

A USE-UFSCar possui onze ambulatórios nas seguintes especialidades: Ginecologia Endócrina; Cardiologia; Imunologia Pediátrica; Homeopatia; Interdisciplinar de Saúde Mental do Adulto; Dermatologia; Psicogeriatria e Gerontologia; além dos novos - Medicina Integral; Gastroenterologia Pediátrica; Nefrologia Pediátrica; e Neurologia Cognitivo-Comportamental. Atuam nos ambulatórios 23 profissionais e docentes e cerca de 50 alunos em estágio e voluntários. A infraestrutura dos ambulatórios conta com 20 salas de atendimento individual, distribuídas nos blocos 1 e 4 da USE.

 

Os atendimentos nos ambulatórios e nos outros espaços da USE-UFSCar são realizados, exclusivamente, para os usuários encaminhados pela rede pública de saúde de São Carlos. Mais informações sobre a Unidade podem ser acessadas em www.use.ufscar.br.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos