Economia

Rede Paulista de Ambientes de Inovação inicia os trabalhos com eventos pela inovação

Rede Paulista de Ambientes de Inovação inicia os trabalhos com eventos pela inovação em São Carlos

 

Assembleia Geral e palestras sobre apoio ao Empreendedorismo e Inovação reuniram representantes de órgãos de fomento, gestores de parques tecnológicos, incubadoras, aceleradoras e ambientes de inovação do estado

 

          Empreendedores, especialistas dos órgãos de fomento à inovação, gestores de parques tecnológicos, incubadoras e aceleradores do Estado, estiveram presentes nesta terça-feira (27/02), no Parque Ecotec Damha, onde aconteceu dois grandes encontros em sua sede, que hoje também abriga a SP Rede (Rede Paulista de Ambientes de Inovação).

       

Pela manhã, foi realizada a Assembleia Geral da SP Rede, proferida pela presidente Bruna Boa Sorte na presença de representantes dos parques tecnológicos de Botucatu, São José dos Campos, São Carlos (ParqTec), Sorocaba, CPqD, Supera Parque, Universidade Mackenzie, Citec Marília, Hospital Albert Einstein, dentre outros.

       

A Assembleia teve, também, a presença especial do presidente e da superintendente da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), José Alberto Sampaio Aranha e Sheila Oliveira Pires. Segundo Aranha, a inovação é um ‘quebra-cabeças’ em que as peças têm de estar encaixadas. “Na realidade, é um trabalho que tem que ser feito em rede, pois não dá mais para fazer inovação sozinho. É um conjunto de esforços que dependem um do outro, como de capital de giro, do inventor de tecnologia, da entidade promotora etc. Ou seja, temos que aprender a trabalhar juntos, pois o brasileiro ainda não tem essa cultura de relação com grupos. Então a iniciativa da SP Rede é fundamental para ampliarmos e acelerarmos, de vez, a inovação no estado e no país”, disse o presidente da Anprotec, que também discursou durante a Assembleia apresentando a proposta de trabalho conjunto para o fortalecimento da SP Rede.

 

Dando continuidade aos eventos do dia, no período da tarde, aconteceu o encontro entre especialistas dos órgãos de fomento do estado com palestras que abordaram o tema "Diálogos Sobre Apoio à Pesquisa e Inovação no Estado de São Paulo”, proferidas pelos representantes da Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Presente no evento, o diretor da Art Point Gráfica e Editora, André Favoretti, empresa associada ao Parque Ecotec Damha, disse que, considerando os dias atuais em que tudo acontece muito rápido, estar junto neste evento, junto aos órgãos governamentais, é uma forma de se atualizar. “Ficamos felizes com essa reunião hoje, pois estamos sempre juntos em todos os trabalhos promovidos pelo Parque e, agora também, com a SP Rede, que está em prol de um propósito para as empresas que estão, também, aqui dentro do Parque”, falou.

      

Durante as palestras foi apresentado um case de sucesso da Dra. Silvana Vargas Goisis, cuja empresa Jhaady Cosméticos é fruto de um projeto acadêmico que teve apoio da Desenvolve SP e da Fapesp.

 

E quem esteve de olho em investimento e aptos a aprender como funciona a inovação dentro da sua própria empresa de uma forma eficaz e duradora, também esteve presente no evento. É o caso da empresária da Deeper Produções, Natália Tavares. “Aqui hoje estiveram pessoas com conhecimentos incalculáveis e, pra mim, é um privilégio ter participado, pois sou uma empresária nova e, estar perto de pessoas que realmente fazem inovação no país, é uma honra muito grande. Além disso, esse encontro foi importante para a cidade, pois são esses gestores que fomentam e incentivam empresas de diversos ramos a crescer e a inovar”, finalizou.

          Bruna Boa Sorte afirmou que o evento foi um sucesso e que as expectativas foram alcançadas.  “A presença dessas forças e de todos que compareceram fortaleceu, ainda mais, o conjunto de ações para o futuro da nossa Rede”.

 

Sobre a SP Rede

          Fundada em dezembro de 2017, a Rede Paulista de Ambientes de Inovação tem como objetivo congregar, apoiar e articular, por meio de ações técnicas, políticas, institucionais e gerenciais, ambientes de inovação e empreendedorismo.

São comtemplados pela SP Rede os parques científicos e tecnológicos, cidades inteligentes (smart cities), clusters, distritos, comunidades e outras áreas de inovação. Para por em prática terá incubadoras de empresas, aceleradoras, centros de inovação, coworkings, living labs, gestoras de fundos e participações. E outras instituições que buscam o desenvolvimento social, econômico, científico e tecnológico.

Segundo Bruna Boa Sorte “ o empreendedorismo mais vibrante é desenvolvido em redes, trocas de conhecimento, capital e amor incondicional. A SP Rede traz em seu DNA está lógica para o desenvolvimento e fortalecimento das centenas de ambientes de inovação do estado de São Paulo”.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Ganhadores do Oscar nas principais categorias