Região

Ibaté sem Dengue: cidade não registra nenhum caso nos últimos anos

Ibaté não registrou casos de Dengue nos últimos anos. De acordo com o Departamento Municipal de Saúde, um caso autóctone – aqueles contraídos no próprio município – não acontece desde 2014.

O Departamento acredita que o fato da cidade não registrar nenhum caso de Dengue, se dá pelas ações desenvolvidas pela Prefeitura, tais como, mutirões de limpeza em terrenos baldios, limpeza de ruas e o trabalho de conscientização junto com os moradores.

Desde o início do Verão, no dia 20 de dezembro do ano passado, até o momento, houve a verificação de dois casos suspeitos, sendo que no primeiro, o resultado foi negativo, e outro ainda aguarda o resultado.

O prefeito José Luiz Parrella (PSDB), que sempre preza pela limpeza da cidade, comentou sobre o assunto. “Realizamos, regularmente, diversas ações para recolher entulhos e fazemos a limpeza das áreas públicas. Também são realizadas vistorias de imóveis e retirada de entulhos que poderiam se tornar possíveis criadouros do mosquito transmissor da Dengue, sem contar a conscientização da população, principalmente, das nossas crianças dentro das escolas. Isso tudo colabora, significativamente, para esse resultado satisfatório”, apontou.

Zé Parrella garante que equipes da Prefeitura visitam os bairros com frequência para recolher materiais inservíveis, entre eles, sofás, móveis, eletrodomésticos velhos e entulho jogados em áreas impróprias. “A Prefeitura trabalha para manter os bairros limpos, recolhendo todos os tipos de materiais descartados em lugares inadequados”, observou.

Com o objetivo de manter tudo limpo, a Prefeitura tem o projeto “Ibaté Cidade Limpa”, que disponibiliza caçambas em diversos pontos do município, que tem como meta acabar com o descarte irregular de lixo, com isso, o mosquito aedes aegypti – transmissor da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya – não tem espaço para se manifestar na cidade.

As caçambas estão localizadas em pontos estratégicos: Popular (no final da rua São Paulo); Jardim Cruzado (no final das ruas São Carlos, Taquaritinga e José Giro); Jardim do Bosque (na estrada atrás da Mata); Jardim Icaraí (no final da rua José Menzani); Jardim América (no final da rua Benedito A. Camargo); e próximo da Chácara de Mudas Camará.

A Prefeitura solicita que a população coloque o lixo pesado e o entulho, obrigatoriamente, nas caçambas de coleta disponibilizadas nesses bairros, de preferência no qual reside, e não descarte em qualquer lugar, de forma irregular.

Zé Parrella acredita que, se cada pessoa fizer a sua parte, Ibaté ficará ainda mais limpa e atrativa para a população e aos visitantes, evitando muitas doenças. “Quando o lixo é mal destinado, acaba atraindo animais que transmitem diversas doenças, por isso, resolvemos fazer essa campanha, com o intuito de eliminar os riscos, sendo uma alternativa ecologicamente correta. Então, as pessoas irão separar os resíduos da forma correta e a Prefeitura se encarregará de dar o destino final para eles”, observou o prefeito.

Vale ressaltar os que desrespeitam e descartam entulho e lixo de forma irregular, estão sujeitos à multa no valor de R$ 501,40, conforme a Lei Municipal 2.394/2008.

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Cirurgia será transmitida em tempo real, via internet, do Centro Cirúrgico da Santa Casa

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos