Esporte

Mirella e Giovana iniciam preparação e focam prioridades em 2018

Mirella e Giovana iniciam preparação e focam prioridades em 2018

 

Marcos Escrivani

 

Sob o comando do técnico Mitcho Bianchi, as nadadoras Petiz II (ambas com 11 anos) Mirella Colloca Vaz e Giovana Pegion de Paula iniciaram os treinos de olho na temporada 2018. As duas nadadoras da LCN/Aquário Fitness iniciam o ano como atletas federadas e tem como metas no primeiro semestre, buscarem pódios no Troféu Kim Mollo e no Campeonato Paulista de Inverno, em sua respectiva categoria.

 

Mirella e Giovana entram em 2018 mais experientes, foi no final do ano passado disputaram o Campeonato Paulista de Verão na categoria Petiz 1. Giovana sagrou-se campeã nos 100m borboleta.

Mas neste primeiro semestre Mitcho quer aproveitar a troca de categoria para buscar alternativas em outras provas.

 

“O Giovana é velocista e os 100m borboleta é a prova dela. Mas ela poderá nadar ainda os 50m livre e os 100m medley. Já Mirella tem mais resistência e nada provas de fundo (mais longas). O 400m livre é sua especialidade, mas ela deve nadar ainda os 800m livre e os 200m medley”, comentou.

Mitcho afirmou dizer entretanto que tudo não passa de estudos, uma vez que os primeiros meses de uma temporada serve justamente para que testes possam ser feitos no intuito de ver o comportamento e performance de cada nadador.

 

EXPECTATIVAS POSITIVAS

 

A temporada ainda se inicia e os treinos são de base. Portanto, qualquer análise de como será o ano, é prematuro. Todavia Mitcho mostra otimismo quanto as participações de suas duas nadadoras em 2018.

Giovana será a atleta que terá mais responsabilidade, pois é a atual campeã paulista petiz 1 nos 100m borboleta. “Ela terá um trabalho direcionado para manter o título conquistado em 2017. É muita pressão, mas ela tem talento e muito futuro”.

 

Quanto a Mirella, Mitcho reconheceu que a expectativa por melhores resultados era grande. “Mas ela deve melhorar muito e a sensação que deixou em sua participação no Paulista do ano passado é que tem plenas condições de estar entre as três primeiras colocadas nos 400m livre”, disse. “O mais importante é que a Mirella quer e acredita que pode alcançar esta meta”, finalizou Mitcho.

 

O time são-carlense tem o apoio da Fundação Educacional São Carlos (Fesc) e da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel).

 

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Bolsonaro amanhece com batom, maquiagem, brincos e colares em outdoor em São Carlos

2

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira

3

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

4

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

5

Ganhadores do Oscar nas principais categorias