Polícia

Motorista da Suzantur é detido por chamar guarda municipal de 'macaco'

Motorista da Suzantur chama GM de Macaco e é detido

Redação Folha SCR

 

Um motorista de ônibus da empresa Suzantur foi acusado de racismo por guardas municipais de São Carlos na manhã desta quinta-feira (9).  Um guarda municipal  negro foi chamado de macaco. O motorista foi detido, pagou a fiança e foi solto.  O caso será investigado pela Polícia Civil. 

 

Segundo o comandante da GM, Michael Teruo Yabuke, o episódio começou na Avenida Sallum, na Vila Prado. Os guardas param no semáforo e adotaram posicionamento de segurança, como é de praxe. Na ocasião um ônibus teria avançado sobre os guardar, situação que deu margem para os oficias flagrarem uma infração de trânsito.

 

Após o semáforo abrir, os guardas deram passagem e  anotaram o emplacamento para elaborar uma infração de trânsito.

 

O comandante da GM conta que depois da anotação, os oficias foram até a praça da Estação da Fepasa . “Nesse momento, o ônibus chegou para a troca de turno do motorista. O funcionário já desceu agressivo, ofendendo a guarnição com palavras de baixo calão e injuriando o guarda municipal negro de uma forma que se caracterizou o crime”, informou.

 

O motorista recebeu voz de prisão e foi encaminhado ao 3º e 5º DPs, onde foi autuado em flagrante. Ele estava acompanhado de um representante da empresa e pagou R$ 900 e foi liberado.

 

 

 

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

2

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

3

Ganhadores do Oscar nas principais categorias

4

Projeto Empreender realiza I Mega Bazar Itinerante

5

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira