Região

Aparecidinha espera receber 4 mil fiéis no Dia da Padroeira do Brasil

Aparecidinha espera receber 4 mil fiéis no Dia da Padroeira do Brasil

 

Folha SCR

 

 

 

O Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida da Babilônia deve receber em torno de 4 mil fiéis nesta quinta-feira (12) para celebrar os 300 anos da padroeira Nossa Senhora Aparecida. Aparecidinha vai receber diversas atividades religiosas e culinárias para também comemorar o Dia das Crianças.

De acordo com o reitor do Santuário e padre Marcos Eduardo Coró, o ponta pé inicial será dado às 6h da manhã com a realização de uma missa. Na sequência terão missas às 8h30 e às 10h santo terço cantado (comunidades neocatecumenais).

No período da tarde, Aparecidinha receberá a procissão dos andores às 15h30, preparado pelos diversos sitiantes da região, com saída da rotatória de acesso ao santuário. A novidade deste ano é que terá um andorzinho das crianças, concluindo-se com a santa missa às 16h.

A programação está aquecida também para comemorar o Dia das Crianças. A organização informou que terá uma praça de lazer e de alimentação para a família, com almoço caipira, o famoso e saboroso arroz de barranco, pasteis, espetinhos e muito mais. Além de show sertanejo.

“Esperamos receber aproximadamente 4 mil fiéis. Neste dia dedicado a família queremos que todos tenham momentos de fé, com lazer e muita confraternização”, disse o padre Marcos Eduardo Coró.

 

História

Segundo relatos de antigos moradores de São Carlos, houve um incêndio de grandes proporções no mês de agosto na Invernada e na mata da Fazenda da Babilônia. Não se sabe ao certo se isso ocorreu em 1860 ou 1870. Na manhã seguinte, pessoas que passavam pelo local do incêndio notaram que uma árvore permanecia intacta, com galhos e folhas verdes e com estranho brilho. Ao se aproximarem, viram no pé da árvore uma imagem de Nossa Senhora da Conceição. Ninguém soube explicar como a imagem e a árvore não foram atingidas pelo fogo que destruiu cerca de dez alqueires de floresta. Ali mesmo rezaram ao pé da imagem.

A partir daquele dia, muitas pessoas das fazendas vizinhas passaram a orar diante da imagem ao pé da árvore. Com o passar do tempo foi construída uma pequena capela que funcionou até por volta de 1920. Nessa época foi iniciada a construção da nova igreja, sendo interrompida em seguida para, novamente em 1944, reiniciar os trabalhos de construção do que hoje é o santuário dedicado a Nossa Senhora Aparecida da Conceição da Babilônia. O dia 15 de agosto foi instituído feriado municipal.

 

 

Foto: Abner Amiel

Galeria

Comentários

Publicidades

Mais Vistas

1

Advogado é o primeiro deficiente visual a receber carteira da OAB em São Carlos

2

Novo Golf produzido no México começa a chegar às concessionárias Volkswagen no Brasil

3

Ganhadores do Oscar nas principais categorias

4

Projeto Empreender realiza I Mega Bazar Itinerante

5

Liquidação Fantástica levará milhões de pessoas ao Magazine Luiza nesta sexta-feira